quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Instabilidade postural e quedas em idosos


A instabilidade postural com a ocorrência de quedas é um desafio para os profissionais de saúde que lidam com os idosos. Além da elevada morbidade há aumento expressivo da mortalidade em idosos com quedas freqüentes ("idosos caidores").

Vários fatores, intrínsecos e extrínsecos contribuem para a ocorrência das quedas, e prevení-la significa extinguir ou minimizá-los.

Algumas vezes, apenas um ajuste ambiental ou medicamentoso é suficiente para dar uma maior segurança ao idoso e reduzir o risco de quedas no entanto, na maioria das vezes são necessárias mudanças em diversos aspectos da vida do idoso.

Para o idoso, cair signinifica a perda da autonomia e a decadência da percepção e fracasso do corpo potencializando sentimentos como vulnerabilidade, ameaça, humilhação e culpa.


Avaliar o risco de quedas em idosos e tratar suas possíveis repercussões requer atenção multifatoral e multiprofissional.


Manuela Belo Franco Bárbara

Fisioterapeuta pós-graduanda em Fisioterapia geriátrica pela FCMMG



Saiba mais:




Nenhum comentário:

Postar um comentário