segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Envelhecimento ativo


Envelhecimento ativo é um novo conceito introduzido pela WHO ( World Health Organization) o qual define-se como um processo de otimização das oportunidades, participação e seguridade com vistas a promover qualidade de vida durante o preocesso do envelhecimento.
Para tal, há evidências de diversos determinantes: transversais, de espaço físico, comportamentais, sociais, entre outros
Trata-se de uma nova visão estratégica na qual não só o idoso é inserido, mas toda a sociedade e tem como objetivo promover qualidade de vida ao envelhecimento. O termo "ativo" refere-se à continuidade de participação da vida social, cultural, espiritual, não apesas sendo fisicamente ativo.
Para que dar as ferramentas para que o idoso seja saudável e independente se a família e sociedade em geral não se encontra apta para receber este "novo" idoso?
Como tratar o idoso?
A sociedade atual está preparada para o envelhecimento ativo?
Quem tem ou terá direito ao envelhecimento ativo?
Como poderemos promover o envelhecimento ativo?
Qual o papel do fisioterapeuta nesse contexto??
Essas perguntas urgem por respostas à medida que as projeções indicam que a expectativa de vida segue crescendo no mundo. A longevidade é uma conquista nossa, que aconteceu, principalmente devido aos avanços na saúde e à geração de tecnologias.
Manuela Belo Franco Bárbara
Pós-Graduanda em fisioterapia geriátrica pela FCMMG
Para saber mais:
http://www.pubmedcentral.nih.gov/articlerender.fcgi?tool=pubmed&pubmedid=17263895%20%5BPUBMED-IDS%5D

http://www.thenapa2.org/events/Active_Aging_WHO.pdf

Nenhum comentário:

Postar um comentário